domingo, 3 de dezembro de 2017

EM BANGLADESH, PAPA FRANCISCO VISITA CASA DE MADRE TERESA

Casa de Madre Teresa em Dhaka dá assistência
a milhares de órfãos e pessoas afetadas por problemas
 mentais e físicos.
No sábado, 2, último dia da visita do Papa Francisco a Bangladesh começou com uma celebração privada na Nunciatura Apostólica de Daca, de onde se despediu antes da visita privada à “Casa Madre Teresa”, no Bairro Tejgaon, distante 8 km.
No local, o Santo Padre foi acolhido pelo Bispo de Mymensingh, Dom Paul Ponen Kubi, encarregado pela Pastoral Social  (ordenado sacerdote por São João Paulo II em 19 de novembro de 1989), pela Superiora da Casa e pela Superiora Regional, que o acompanharam até as duas salas onde estavam reunidas algumas crianças e idosos assistidos pelas estruturas da Congregação, enquanto um coral de crianças entoava cânticos no pátio.

Missionárias da Caridade em Dhaka

A “Casa de Madre Teresa”, inaugurada em 1976, é a menor entre aquelas que as Irmãs Missionárias da Caridade administram em Dhaka e sempre a escolhida por Madre Teresa para residir durante sua permanência na cidade.
A Casa localiza-se no Bairro de Tejgaon, e surge no complexo paroquial da “Holy Rosary Church”, que engloba também a antiga igreja portuguesa.
Atualmente, ela proporciona cuidados e assistência a milhares de órfãos e de pessoas afetadas por problemas mentais e físicos.
Em Dhaka, além da “Casa da Compaixão”, as Missionárias da Caridade atuam também no Bairro de Islampur, por meio do Centro “Shishu Bhavan”, ou seja, “Casa das Crianças”.
Construído nos anos 70, o Centro se ocupa prevalentemente da acolhida de jovens mães, chamadas de “biranganas” (“heroínas”), mulheres que ficaram grávidas após as violências cometidas por soldados paquistaneses durante a guerra de independência do país.
Graças à ação das Missionárias da Caridade, muitas crianças nascidas no Centro encontraram famílias adotivas na Europa, América do Norte e Austrália.

Fonte: Radio Vaticano

Nenhum comentário:

Postar um comentário