terça-feira, 21 de agosto de 2018

ADMINISTRADOR DIOCESANO PARTICIPA DO ENCONTRO DOS BISPO DA AMAZÔNIA LEGAL EM MANAUS


Hoje  no segundo dia do  encontro dos bispos da amazônia houve uma  análise de conjuntura da situação atual da amazônia que  a partir da doutrina do integracionismo e assimilacionismo que está gerando um etnocídio. É um modelo predatório que  destrói  o meio ambiente a partir da pecuária, mineração, monocultura e produção de energia.
Ontem o Cardeal Hummes afirmou que o preparação do Sínodo da Amazônia deve nos ajudar a encontrar caminhos novos no contexto da  EVANGELLI  GAUDIUM,  LAUDATO  SI, MISERICORDIAE VULTUS E DO VATICANO II. A igreja não deve ter medo do novo sínodo convocado para avançar e não para repetir o que já tem. As coisas não podem ficar como estão, é preciso mover-se com paixão e alegria.
A questão dos ministérios, a obrigatoriedade do celibato dos padres devem ser discutidas. É preciso projetar caminhos novos  para que o povo possa ter melhor acesso eucaristia. 
O padre Giuseppe, administrador da nossa diocese está presente neste encontro que ajuda a construir um página da história da Igreja.
Finalmente uma igreja indígena com os indígenas. Que o Espírito Santo nos ajude a abrir novos horizontes.












Fonte: Pascom Paroquial Santa Rita de Cássia
Fotos: Pe. Giuseppe

Nenhum comentário:

Postar um comentário