quinta-feira, 2 de agosto de 2018

PJ DO MARANHÃO REALIZA VI ENCONTRO ESTADUAL DE BASE, DIOCESE DE VIANA PRESENTE.

Coordenação estadual da pastoral da juventude do Maranhão

O diálogo entre as bases sobre o empoderamento feminino na igreja e na sociedade, e também sobre o nosso papel social da superação a violência contra a mulher motivou a juventude a abraçar a causa, e ter um olhar especial para o feminino, pois é de lá que floresce a esperança.
As celebrações foram presididas por Dom Vilsom Basso – Bispo de Imperatriz, Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude e Bispo Referencial da PJ do Maranhão, nas suas falas enfatizou que: “Juventude é terra boa! É o lugar que a igreja se faz presente, é lugar que a palavra de Deus Floresce. E a gente acredita nisso, os bispos do Maranhão acreditam nisso”.

 
O encontro também contou com a presença do Secretário Nacional da PJ (Davi Rodrigues), e da Coordenadora Nacional da PJ pelo Regional Oeste II (Patrícia Itaibele), que contribuíram no desenvolvimento das temáticas abordadas na Grande Flor de Negra Mariama e nas mini Flores. No decorrer do Encontro foram debatidos alguns temas: Campanha Nacional de Enfrentamento aos Ciclos de Violência contra a Mulher, Mulheres no Projeto do Reino, Protagonismo Feminino na Base, O que é Feminismo? e História da Luta dos Direitos das Mulheres. A metodologia usada revitalizou a juventude, a mística das flores fez florescer bons frutos na juventude do Maranhão.
Ao longo dos três dias de Encontro foi vivenciado uma experiência missionária nas comunidades na cidade e em seguida houve a partilha da missão entre os jovens, finalizando o encontro com uma linda caminhada rumo a Paróquia São Francisco, onde aconteceu a Missa de Envio das(os) delegadas(os) do VI EEB.

 
 
Encontro proporcionou momentos de integração e descobertas, a jovem Lissandra de Oliveira da Diocese de Coroatá fala da experiência que teve no encontro desde integração da dinâmica da flor, que foi uma relação muito forte e muito fraterna. “A integração foi muito importante e acolhida também, fomos recebidos com muito carinho pelas famílias. Levo para minha base que juntos/as somos mais fortes, e realizar na minha cidade rodas de conversas em comunhão com o tema. Foi um encontro muito lindo e uma honra participar, pois pude adquirir muitos conhecimentos”.

Fonte:Pj.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário