sábado, 4 de agosto de 2018

PRESBÍTERO:PROFETA DA COMUNHÃO, DO SERVIÇO E DA PALAVRA


Imagem da internet

A vida humana nasce de um ato de comunhão da Trindade, façamos o homem a nossa imagem e semelhança (Gn, 1,26). Se olharmos ao nosso redor percebemos que é no interior, na intimidade que a vida acontece e se revela para o mundo exterior. As sábias palavras de Jesus nos revelaram isso.  É no nosso interior que acontece a mudança para melhor ou para pior, (Mt.12, 35). Assim como é pelos frutos que conhecemos a árvore.

Não poderia ser diferente na vida do presbítero.  O presbítero é um homem chamado a gerar comunhão pelo serviço e pela palavra, ou seja, pelos gestos e pelo anúncio.  Pois é na vida de ORAÇÃO, que o presbítero escuta, medita e contempla aquilo que será seus gestos e que anunciará ao povo que lhe foi confiado por meio pela mediação da comunidade eclesial, a igreja.

Neste sentido, o presbítero é um profeta antes de tudo da comunhão, da integração de si mesmo. Para que, pelo ministério recebido pela igreja, seja um sinal visível da grande comunhão que gera o povo de Deus pelo serviço e pela palavra que deve manifestar a beleza da vida nova trazida por Jesus.

A grande novidade trazida por Jesus foi o Amor, que se revela na gratuidade, no cuidado pelo outro e dando o melhor de si para que todos possam realizar sua vocação e experimentar o amor de Deus que nos faz verdadeiramente feliz com os outros, que como nós peregrinamos rumo a casa paterna.

Hoje quero parabenizar todas as famílias e comunidades, que nos ajudaram e ajudam cada um de nós presbíteros, a sermos homens que no processo de conversão e de acolhida do projeto de Deus em nossa vida, nos realizando e sendo felizes na vocação que recebemos.

Aproveito para lembrar o nosso compromisso de cada cristão e de presbítero de promover a vocação ao ministério  presbiteral em nossa igreja, seja pela oração, pelo exemplo e pela nossa colaboração material. O mês de agosto é o mês consagrado a todas as vocações. Vamos cada um fazer a nossa parte neste grande mutirão em favor das vocaçõs.
  
Que o Bom Pastor continue abençoando e protegendo cada presbítero na sua missão de ser sinal vivo da misericórdia e da bondade de Deus que se preocupa com todos, em especial com os mais fracos.

Fonte: Pascom da Paróquia Santa Rita de Cássia

Um comentário:

  1. Parabéns pe Antonio e pe. Gilberto sigam firmes na missão.

    ResponderExcluir