terça-feira, 9 de outubro de 2018

APRENDENDO A LER OS SINAIS DOS TEMPOS

É verdade que as eleições estão mexendo com muita gente e cada eleição é diferente. Até aqui nada de anormal.
Caro leitor, você  é bastante sábio  para perceber que tem algo estranho nesta eleição, há interesses inconfessáveis que não são revelados agora, mas somente nos próximos anos.
Atualmente a igreja católica tem feitos gestos proféticos, em especial na pessoa do Papa Francisco pelo mundo afora. Ele desperta nas pessoas os melhores sentimentos de humanidade de carinho e amor. Ele  faz as pessoas sonharem com mundo melhor. Todavia ele encontra ainda uma  oposição de algumas  pessoas que se dizem muito cristã e tem parte da mídia nas suas mãos, isto é um paradoxo. 
As nossas atitudes revelam o nosso interior que queremos ou tentamos esconder. Se somos pessoas reconciliadas, manifestamos carinho, ternura, compaixão. Se somos pessoas ainda presas as paixões do mundo: manifestamos medo, ódio e desprezo ao diferente.
Hoje nas orações e ações lembro da experiência de Elias que queria sentir a presença de Deus no trovão, no terremoto e no fogo, experiência de poder, de domínio, prestigio.   Será exatamente o contrário. Pois, é na brisa suave que Deus se manifesta.
Em nossos dias poucas pessoas  parecem ainda ter lucidez suficiente e paz interior para a escuta e para o dialogo. Talvez seja este  o maior legado desta eleição, a cegueira, a intolerância, a mentira sem limites e a falta de respeito com a CNBB, com os os nossos bispos  e os padres, religiosos que doam suas vidas na defesa dos fracos e são desrespeitados  pelo veneno da sede de poder que contaminou muitos batizados.
A nossa igreja, não tem partido. Pois o seu projeto não é de poder. O seu projeto é servir as pessoas, libertando-as de toda tipo de escravidão para que Ele, -Jesus- reine na nossa existência e nos faça uma comunidade de servidores felizes.
Acredito que somos todos irmãos. É Deus que nos une no seu amor.  Acredito que  somos obra única de Deus e não uma série de robôs  manipulados pelas redes sociais que semeiam divisão em proveito  sempre de alguém.
Que a Paz de Deus reine em nossos corações. Vamos preservar a nossa fé, a nossa família, o respeito entre as pessoas e continuar nos amando independente de posição político partidário.
Lembre-se que você é filho(a) de Deus não julgue o seu irmão(a) e  não o(a) despreze.
Mesmo ainda sendo jovem, uma coisa eu estou aprendendo. "Meu amigo não se iluda que nada muda se você (eu)não mudar. Pois o bode expiatório não resolverá nossas frustrações e o salvador da pátria não realizarão as nossas fantasias." 
Acredito que é no dia a dia da nossa existência, aceitando nossos limites e dos outros que iremos pouco a pouco edificar os alicerces de um mundo melhor, que começa no meu interior e pouco a pouco vai contagiando  o  mundo que está ao meu redor. Você pode pensar que  isso é muito pouco. Eu te digo que é o muito que podemos fazer ao longo da nossa existência. Coragem! não desista, paciência e perseverança. Desculpe pelo Jornal. Bom dia. meu abraço e minha oração e atenção.  
Pe. Antonio Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário