domingo, 24 de novembro de 2019

AS COMUNIDADES DA ÁREA DA CIKEL, EM BURITICUPU, REALIZAM O SEU II TRÍDUO MISSIONÁRIO 2019

No decorrer dos dias 21, 22, 23/11 aconteceu mais um tríduo missionário na paróquia Santa Rita de Cássia, nas áreas da Cikel, Segundo Núcleo, Triângulo de Prata e Sede(Matriz Santa Rita). 
Na área da Cikel a concentração foi na Califórnia/São João e Bem Querer/São Pedro, começando a noite com abertura e missa presidida pela padre José Maria, logo pela manhã, alvorada, café da manhã visitas, durante a tarde a programação se voltou para os testemunhos e para os jovens presentes no momento, depois missa campal durante a noite com vigília missionária e animações produzidas pelos missionários vindo de Buriticupu. E pela manhã todos se dirigiram à Vila Bem Querer para juntos fazermos visitas e o encerramento lá na comunidade .
Ajudar o irmão necessitado, dar atenção, acolher, levar a Boa Nova do Evangelho até os confins da terra. Assim é a ação e vida missionária, que se desenvolve ao longo de todo o ano, com mais vigor nos triduos missionários. Diria que o que dá mais prazer e satisfação na missão é poder falar de Jesus. Ser missionário não se dá no fazer coisas, se dá no ser. Ser presença, ser ajuda, ser acolhida, ser bondade, ser solidário com os que sofrem, ser mão estendida a quem caiu, ser perdão a si próprio e aos outros, ser compassivo com a dor do outro e ser amor.

É preciso ser apaixonado por Jesus Cristo e mostrar esta paixão às outras pessoas com a vida, as palavras e o testemunho. É isso que dá disposição e entusiasmo na vida missionária.
Os missionarios saem para evangelizar as familias e algumas vezes acabam sendo evangelizados por aqueles que evangelizamos. A entrega e a renúncia são portas para providências de Deus. Renunciam tudo para o serviço ao Senhor e Ele prepara todas as coisas. Foi assim que fizeram ao sair de casa, do conforto e comodismo pra ir evangelizar.

Na medida em que nos tornamos um com aquele que lhes acolhe de uma forma simples, humilde. A satisfação é grande porque se sente útil, se sente bem e acolhido e as pessoas começam a criar confiança também em si mesmos. Em toda missão que tem acontecido, a alegria é muito maior para a gente do que aquilo que a gente faz para os outros. 

#Batizados_e_enviados 
#Igreja_em_saída 
❤✝🙏🏻💒👣









Texto e fotos de Luan da Terra Bela 

Nenhum comentário:

Postar um comentário