sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

PARABÉNS A DOM EVALDO PELOS 22 ANOS DE VIDA SACERDOTAL

Natural de Fortaleza, no Ceará, Dom Evaldo Carvalho nasceu em 09 de março de 1969. Filho de Maria Elizabete Carvalho dos Santos, falecida em fevereiro de 2018, e José Ferreira dos Santos, falecido em janeiro de 2016, tiveram dez filhos, e Monsenhor Evaldo Carvalho é o oitavo filho.

Ingressou na Congregação da Missão em 1990, sendo admitido no Noviciado, em Recife-PE, no ano de 1993, e emitiu seus votos perpétuos em 1995.

Em 1997 foi ordenado Diácono, em Belém do Pará, na Paróquia São Raimundo Nonato.

Cursou Filosofia e Teologia no Instituto de Pastoral Regional, em Belém (PA). Bacharelou-se em Serviço Social pela Universidade da Amazônia (UNAMA). Fez Especialização em Serviço Social, Políticas Públicas e Direitos Sociais, pela Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Ordenado presbítero no dia 10 de janeiro de 1998, em Fortaleza, Dom Evaldo Carvalho dos Santos iniciou seu ministério na Paróquia de São José de Tucuruí; foi missionário em uma missão da Província de Fortaleza da Congregação da Missão em Itaituba, Pará.

Já exerceu as funções de Superior Provincial da Província de Fortaleza da Congregação da Missão, de 2010 a 2016; Diretor do Seminário da Província de Fortaleza (Propedêutico, Filosofia e Teologia) no período de 2000 a 2008.

Foi membro da Diretoria da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) – Núcleo Fortaleza, de 2000 a 2003; Vigário paroquial da paróquia de São Raimundo, em Belém, onde também atuou como assessor das CEB’s. Pároco da Paróquia São Pedro e São Paulo, em Fortaleza, 2009, 2016 a 2018; Diretor espiritual da Sociedade São Vicente de Paulo, em Fortaleza; Assessor eclesiástico das Pastorais Sociais, CEB’s e Organismos da Arquidiocese de Fortaleza; Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, em Fortaleza, de 2010 a 2013; Pároco da Paróquia Santo Antônio em Quixeramobim, de 2018 a 2019 e Vigário Forâneo da Forania II, na diocese de Quixadá , de 2018 a 2019.

Nomeado bispo pelo Santo Padre Papa Francisco no dia 20 de fevereiro de 2019, Dom Evaldo Carvalho dos Santos se tornou o sexto bispo a assumir a Diocese de Viana, vacante desde a saída de Dom Sebastião Lima Duarte, transferido para a diocese de Caxias, no Maranhão, em dezembro de 2017.

Sagração Episcopal 27 de Abril de 2019 – Catedral Metropolitana em Fortaleza – CE
Posse Canônica 18 de Maio de 2019 – Catedral Nossa Senhora da Conceição em Viana – MA
Lema: Quia Misericordiam
Brasão Pessoal de S. Exma. Revma.
Dom Evaldo Carvalho dos Santos, CM

Descrição Heráldica

Escudo português esquartelado. No primeiro quartel, de goles (vermelho), as letras “S” e “V” de jalne (ouro), sobrepostas respectivamente. No quartel seguinte de jalne, um rio de blau (azul) no centro de uma colina de sinopla (verde), encimada por uma palmeira de sinopla. No terceiro quartel de jalne, um monograma mariano com uma cruz ao chefe, ladeado circularmente por doze estreladas, tudo de blau. O último quartel de goles, um pelicano de jalne. O escudo está pousado por uma cruz trevolada de jalne, e encimada por um capelo de sinopla com forro de goles, com suas borlas, em cada flanco e terminados por seis bordas 1, 2 e 3 tudo de sinopla. Broncante sobre a ponta da cruz, um listel de prata avessado de goles com a seguinte descrição: QUIA MISERICORDIAM.

Descrição Interpretativa do Brasão

O escudo como um todo representa a índole pessoal, vocacional e pastoral de Dom Evaldo Carvalho dos Santos. O brasão representa, também, a tríplice missão episcopal: santificar, reger e ensinar.

No primeiro campo encontram-se representados as letras “S” e “V” cuja simbologia remete a figura de São Vicente, fundador da Congregação da Missão, na qual a vida de Sua Excelência foi consagrada no serviço dos pobres e da missão.

Inseridos no segundo campo estão um rio e uma colina, encimada por uma palmeira que representa características fundamentais da região diocesana de Viana, o chão no qual Dom Evaldo inicia seu ministério episcopal.

Por conseguinte, na parte inferior do escudo, encontra-se um monograma mariano ladeado por doze estrelas. Remete-se, pois à Maria, Mãe de Jesus e da Igreja sob cujo patrocínio é colocado a sua missão pastoral. Outrossim, simboliza a devoção pessoal do bispo, tendo Maria como padroeira da Congregação da Missão e da Diocese de Viana.

O pelicano, situado no último campo, simboliza a entrega da vida e missão episcopal em favor de seu rebanho em sintonia com a essência do Evangelho de Jesus Cristo e pontificado do Papa Francisco.

O lema episcopal de Dom Evaldo Carvalho dos Santos inscrito no seu brasão “Quia Misericordiam” – Quero misericórdia – (Mateus 9, 13) representa a égide sob a qual a missão de um bispo se fundamenta, isto é, oferecer a Misericórdia Divina em favor do rebanho confiado ao seu zelo pastoral.
Fonte:diocesedeviana.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário