terça-feira, 24 de março de 2020

24 DE MARÇO, UM DIA PARA RECORDAR OS MISSIONÁRIOS MÁRTIRES

Arcebispo de San Salvador, em El Salvador, dom Óscar Romero, assassinado em 24 de março de 1980
“Convencidos de que cada um de nós é um trabalhador na vinha do Senhor, em 24 de março unamo-nos na oração e no jejum em memória das irmãs e dos irmãos que dando a própria vida continuam sendo ‘enamorados e vivos’.” Nos 40 anos do Martírio de dom Óscar Romero, os bispos de El Salvador tinham convocado um “Ano Jubilar dos Mártires” para celebrar os mártires nacionais: padre Rutilio Grande, dom Óscar Romero, e padre Cosme Spessotto

Cidade do Vaticano

24 de março – dia em que em 1980 foi assassinado o arcebispo de San Salvador, dom Óscar Romero – foi escolhido 28 anos atrás pelo então Movimento juvenil missionário das Pontifícias Obras Missionárias da Itália para celebrar anualmente o “Dia de oração e jejum em memória dos missionário mártires”.

O arcebispo, assassinado quando celebrava a Missa, foi beatificado em 23 de maio de 2015 e canonizado pelo Papa Francisco em 14 de outubro de 2018. A Conferência Episcopal de El salvador, por ocasião dos 40 anos de seu Martírio, tinha convocado um “Ano Jubilar dos Mártires” para celebrar os mártires nacionais: padre Rutilio Grande, dom Óscar Romero, e padre Cosme Spessotto.
Dia de oração e jejum sem iniciativas públicas

Porém, a emergência coronavírus obrigou os bispos a suspender toda e qualquer celebração e aglomeração, como está acontecendo em numerosos países no mundo inteiro, razão pela qual o Dia de oração e jejum deste ano não terá iniciativas públicas.

O slogan do Dia de oração e jejum em memória dos missionários mártires 2020 é “Enamorados e vivos”, informa o secretário nacional de Missio Jovens, Giovanni Rocca.
Jardineiros do Reino

Trata-se de “uma mensagem que traz em si dois significados. O primeiro, na acepção qualitativa, descreve plenamente aqueles que ardentes de amor por Deus Pai e Suas criaturas investiram a totalidade de seu tempo para cuidar destes. Verdadeiros jardineiros do Reino. Tão apaixonados pelo Mundo quanto por quem o habita”.

“O segundo é um verdadeiro imperativo, a herança que os mártires receberam de nosso Senhor transmitindo-a a nós, hoje. Somente quem se enamora está disposto a abandonar o supérfluo para colher a essência da vida. Essa promessa não é somente esperança para o futuro, mas sobretudo garantia para o presente.”
Cada um de nós, um trabalhador na vinha do Senhor

Em seguida, um convite: “Convencidos de que cada um de nós é um trabalhador na vinha do Senhor, em 24 de março unamo-nos na oração e no jejum em memória das irmãs e dos irmãos que dando a própria vida continuam sendo ‘enamorados e vivos’”.

No site de Missio Itália encontram-se disponíveis vários subsídios que tinham sido preparados para aprofundar o tema deste Dia e propostas de iniciativas concretas de oração e solidariedade.
Eventos suspensos devido à emergência coronavírus

Seguindo as diretivas concretas do governo italiano, Missio jovens suspendeu os eventos programados, e propõe mediante seus canais sociais – Facebook e Instragram – conteúdos e momentos de reflexão e debate para, mesmo assim, viver juntos este tempo.

(Fides)
Vatican News

Nenhum comentário:

Postar um comentário