terça-feira, 3 de março de 2020

CEBs DO BRASIL ENVIA CARTA AO PAPA FRANCISCO

Em virtude da Visita Ad Limina realizada pelos bispos do regional Sul 2, Dom Manoel Francisco, bispo de Cornélio Procópio-PR, entregou ao Papa Francisco uma carta escrita pelos membros da Ampliada Nacional das CEBs que esteve reunida em janeiro passado, na cidade de Rondonópolis-MT.

Confira abaixo a carta.

Carta das Comunidades Eclesiais de Base do Brasil ao Papa Francisco

“Alegrai-vos e exultai-vos porque é grande a vossa recompensa no céu”. (Mt 5, 12)

Querido Papa Francisco.

Nós, Cristãos Leigos e Leigas, padres e religiosas da Ampliada Nacional das Comunidades Eclesiais de Base do Brasil – CEBs, representantes de todos os 18 Regionais da CNBB, reunidos(as) na Diocese de Rondonópolis-Guiratinga-MT, com nossos Bispos aqui presentes, Dom Juventino Kestering, Dom Gabriel Marchesi e Dom Giovane Pereira, reunidos, para refletir e avaliar a caminhada das Comunidades Eclesiais de Base e preparar o 15º Intereclesial das CEBs do Brasil, cujo tema é: CEBs, IGREJA EM SAÍDA NA BUSCA DA VIDA PLENA PARA TODOS E TODAS, e como lema: VEJAM! EU VOU CRIAR NOVO CÉU E UMA NOVA TERRA (Is 65, 17ss), a ser realizado nos dias 19 à 23 de julho de 2022, em Rondonópolis-MT.

Contemplando a Palavra de Deus na vida de Jesus de Nazaré, ao mesmo tempo inspirados e provocados pelo Sínodo para a Amazônia, nos alegramos com você, nosso Pastor Papa Francisco, e manifestamos nosso carinho e apoio nesta hora difícil e promissora de nossa Igreja.

Acompanhamos com preocupação a oposição e os ataques que lhe fazem de dentro e de fora da Igreja. Esses ataques provém de setores que tentam negar a força libertadora do Evangelho, na nossa Casa Comum, especialmente na vida dos Pobres.

Estamos ao seu lado, apoiando seu testemunho corajoso e Evangélico em favor da Vida, no seu sonho de “Uma Igreja Pobre para os Pobres”. Seu estilo de animar a Igreja de Jesus nos tempos atuais, nos faz recordar o estilo sinodal do próprio Jesus, nos caminhos Missionários nesse mundo.

Sua coragem Profética e sua força interior nos animam a prosseguir na caminhada, expressando a ternura e misericórdia com a humanidade sofredora, como disse no Encontro com os Movimentos Populares na Bolívia: “Nenhuma família sem casa, nenhum camponês sem terra, nenhum trabalhador sem direitos”.

Fiéis às conclusões do Sínodo para a Amazônia, nos comprometemos a prosseguir como “Comunidades Eclesiais de Base, que foram e são um dom de Deus para as Igrejas locais na Amazônia…”1 e também em todo o Brasil e América Latina e Caribe.

Em comunhão, como filhas e filhos do mesmo Pai, pedimos sua benção e prometemos nossas orações.

Rondonópolis-MT, 26 de janeiro de 2020.

Amém! Axé! Awere! Aleluia!

1 Documento final do Sínodo para a Amazônia, nº 36.

Fonte: CEBs do Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário