sexta-feira, 12 de junho de 2020

ORGANIZAÇÕES RELIGIOSAS APELAM A GOVERNADOR DE SÃO PAULO POR ISOLAMENTO SOCIAL


Nesta segunda-feira, 8/6, representantes de Pastorais e organizações religiosas católicas, com anuência da Presidência do Regional Sul 1, subscreveram “um apelo ao Governador de São Paulo João Dória para prolongar, se necessário for, as medidas de isolamento social, em conjunto com as prefeituras nos municípios mais atingidos pela pandemia”.
Os signatários da carta têm grande preocupação com a população que vive nas periferias, “onde as condições precárias de vida agravam-se ainda mais com a pandemia. Nossas pastorais atuam com a parcela vulnerável da população, e constata o sofrer desses irmãos e irmãs atingidos fortemente pela Covid-19”, diz trecho da nota.
Expressam também “solidariedade para com as famílias que perderam seus entes queridos, vítimas do novo Coronavírus, e nos posicionamos para que sejam evitadas mais mortes”, continua o texto.
A carta foi assinada por 18 representantes de Pastorais e de entidades da Igreja católica.
Leia o documento na íntegra.
São Paulo, 08 de junho de 2020.
 
Exmo. Sr. João Dória
Governador do Estado de São Paulo
 Nós representantes de pastorais e organizações religiosas católicas, com anuência da Presidência do Regional Sul 1, manifestamos apoio a V. Excia. Sr. Governador João Dória para prolongar, se necessário for, as medidas de isolamento social, em conjunto com as prefeituras nos municípios mais atingidos pela pandemia.
Preocupa-nos o fato de que, imediatamente após o anúncio da reabertura gradual pelo Governo de Estado e pela Prefeitura de São Paulo, ouve um gritante crescimento no número de pessoas infectadas pela Covid 19 e no número de óbitos, passando a 143.073 casos confirmados e 9.145 óbitos no Estado, dos quais 74.796 casos confirmados e 4.920 óbitos na Capital, sendo que, na região Metropolitana de São Paulo, 80,1% dos leitos de UTI estão ocupados (dados da Secretaria Estadual de Saúde em  7 de junho).
É certo que há pressão sobre o Governo – por segmentos da produção, do comércio, do mundo do trabalho e de parte da população, que por desinformação ou por necessidade de garantir a sua subsistência – a favor da flexibilização das medidas protetivas recomendadas pelos órgãos de saúde e pelas pesquisas científicas.
No momento mais grave da pandemia, aponta-se para o crescimento de casos nas áreas periféricas do Estado de São Paulo, onde as condições precárias de vida agravam-se ainda mais com a pandemia. Nossas pastorais atuam com a parcela vulnerável da população, e constata o sofrer desses irmãos e irmãs atingidos fortemente pela Covid-19.
Neste sentido, expressamos solidariedade para com as famílias que perderam seus entes queridos, vítimas do novo Coronavírus, e nos posicionamos para que sejam evitadas mais mortes.
A Campanha da Fraternidade 2020, “Fraternidade e Vida: Dom e compromisso”, ajuda a refletir que a economia precisa estar a serviço da vida, e que saúde e economia devem caminhar juntas. Desse modo, esperam-se, por parte do Governo do Estado de São Paulo também, medidas efetivas de auxílio econômico neste momento de crise sanitária.
Atenciosamente,
Pastoral da Educação do Regional Sul1 da CNBB
Pastoral Fé e Política da Arquidiocese de SP
Pastoral Fé e Política da Diocese de Campo Limpo
CLASP – Conselho de Leigos e Leigas da Arquidiocese de São Paulo
Movimento Internacional Nós Somos a Igreja – São Paulo
Escola da Cidadania “José de Souza Candido” Mogi das Cruzes – SP
Pastoral Fé e Política Diocese de Limeira/SP
Escola de Fé e Política Dom Joaquim Justino Carreira da Diocese de Guarulhos
IPDM – Igreja Povo de Deus em Movimento
ABEFC – Articulação Brasileira pela Economia de Francisco e Clara
Pastoral do Migrante/Cemir
Pastoral Indigenista
REC – Rede de Escolas de Cidadania de São Paulo
Pastoral do Menor da Arquidiocese de São Paulo
Escola de Fé e Política Waldemar Rossi/Arquidiocese de São Paulo
SPM – Serviço Pastoral dos Migrantes
Grupo de Fé e Política do ABC
CEB´s do Regional Sul1 da CNBB
 Fonte:cnbbsul1.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário