quinta-feira, 16 de julho de 2020

PREGAI O DOM DA ALEGRIA!





Padre Roberto Modesto e acólitos do Santuário de São João Bosco (Reprodução/TikTok)
Como fazer Jesus conhecido em meio ao mundo caótico em que estamos vivendo?

Padre Roberto Modesto e acólitos do Santuário de São João Bosco (Reprodução/TikTok)

Uma das características principais dos primeiros cristãos era o dom da alegria em pertencer ao rebanho de Cristo aqui na Terra. Isto está muito bem evidenciado nos Atos dos Apóstolos, onde Lucas narra que aqueles homens e mulheres eram perseverantes na partilha e nas orações, além de dividirem tudo com alegria. Ao longo da história de nossa salvação, inúmeras perseguições e martírios selaram a força da nossa fé, que hoje nos traz aqui e nos faz católicos, herdeiros do reino de Deus, iniciado pelo próprio Cristo humanado.

Agora, em meio a este tempo atribulado que a humanidade atravessa, como anunciar Jesus? Esta pergunta tem sido feita por muitos evangelizadores e missionários que deixaram as suas atividades religiosas presenciais por causa da pandemia do novo coronavírus. Igrejas fechadas, formações e encontros suspensos, atividades canceladas. Tudo isto somado à apreensão de um futuro ainda incerto. Por fim, o desafio maior: como manter de pé a nossa missão de evangelizadores, vivendo o dom da alegria?

Para falar sobre isto quero recorrer a um fato muito interessante que aconteceu em São João Del-Rei, no Campos das Vertentes, coração de Minas Gerais. O local é o Santuário de São João Bosco, cuidado pelos missionários Salesianos. Um vídeo divulgado por acólitos da paróquia deu o que falar nas redes sociais nesta semana e viralizou na internet, sendo alvo inclusive de matérias no rádio e em jornais de todo o estado. Padre Roberto Modesto, reitor do Santuário e mais quatro jovens acólitos (espécie de coroinhas mais velhos) gravaram um vídeo para o aplicativo TikTok, fazendo uma coreografia muito animada após uma celebração. Evangelizar, sem perder o dom da alegria!

Óbvio, alguns mais tradicionais não gostaram muito e se colocaram a criticar, o que é natural numa Igreja tão plural quanto a nossa. Entretanto, na atitude do Padre Roberto e seus acólitos fica um exemplo claro sobre como demonstrar a nossa alegria em ser de Deus, utilizando ferramentas que a modernidade nos oferece. Uma das únicas formas de nos encontramos nos últimos tempos são as redes sociais. Por isso, não tenha medo de utilizá-las para falar de Jesus para os outros. A Igreja no Brasil tem incentivado que leigos e religiosos utilizem estes canais para manterem de pé suas obras e atividades, mesmo que à distância.

Jesus Cristo ressuscitou e vive para sempre. Este deve ser o maior motivo da nossa alegria! Por isso, não tenha vergonha ou medo de expressar sua fé para os outros. Com São João Bosco aprendemos que o demônio tem medo de gente alegre e que ser feliz é uma obrigação de todos nós que conhecemos Jesus e seu projeto para a humanidade. Mesmo que as coisas estejam difíceis e até mesmo rezar seja um desafio, a sua alegria será testemunho de fé para vida da sua família e de sua comunidade.

Agora, como alcançar a verdadeira alegria que vem de Deus? Simples: se em meio aos sofrimentos e às dificuldades deste mundo pudermos ainda agradecer por sermos irmãos, filhos do mesmo pai e herdeiros da mesma promessa, esta será a verdadeira felicidade, que deverá ser transmitida aos outros através de nosso testemunho. Com o exemplo, muitos irmãos e irmãs nossos serão levados a um encontro pessoal com Jesus e seu projeto. Firmes na esperança, façamos Jesus conhecido e amado através da nossa alegria em sermos irmãos.

Fonte: Domtotal


*João Eduardo S. Mariana, Jornalista e colaborador da Arquidiocese de BH

Nenhum comentário:

Postar um comentário