sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

MARANHÃO: A VACINA É UMA VITÓRIA CONTRA O MAL, AFIRMA BISPO DE BALSAS

Dom Valentim Fagundes de Meneses, bispo da diocese de Balsas, foi o primeiro do Regional NE5 da CNBB a receber a vacina. O prelado português faz parte do grupo prioritário, uma vez que acompanha os idosos do Lar São Vicente de Paulo, um dos projetos sociais da diocese missionária ao sul do Maranhão. O prelado destaca a importância da ciência em defesa da vida, já que a “vacina é uma vitória contra o mal, contra a doença que veio destruir a vida”.
Andressa Collet – Vatican News
Ouça a reportagem e compartilhe
O Maranhão também começou nesta semana a campanha de vacinação contra a Covid-19. Por conta da quantidade reduzida de doses, o calendário – determinado pelo Ministério da Saúde – deve seguir etapas e priorizar determinados grupos. Como é o caso de quem trabalha diretamente com idosos que estão em asilos ou abrigos com mais de 60 anos.
Primeiro bispo do Maranhão a ser vacinado
Dessa forma, dom Valentim Fagundes de Meneses, bispo da diocese de Balsas, foi o primeiro do Regional NE5 da CNBB a receber a vacina. A primeira dose da imunização contra o coronavírus foi administrado na terça-feira (19). O prelado português de 68 anos faz parte do grupo prioritário, uma vez que acompanha os idosos do Lar São Vicente de Paulo, um dos projetos sociais da diocese missionária ao sul do Maranhão, que acolhe pessoas abandonadas pelos familiares ou que não têm onde morar. O espaço conta o serviço realizado por 21 colaboradores entre enfermeiras, técnicos de enfermagem e cuidadores, que se dividem em 3 turnos para acompanhar 33 idosos com idade entre 48 a 108 anos.
Dom Valentim, ao receber a primeira dose da vacina, sente muita gratidão a Deus “por dar inteligência ao ser humano para conseguir vencer o mal”. O bispo também destaca sobre a importância da ciência em defesa da vida, já que a “vacina é uma vitória contra o mal, contra a doença que veio destruir a vida”.
Colaboração - Eanes Silva
Fonte:Vatican News


FP



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário