domingo, 7 de fevereiro de 2021

ÁFRICA É O CONTINENTE MAIS ATINGIDO PELA PENÚRIA DE VACINAS CONTRA A COVID

 Vacina contra a covid: Foto Wladimir B/Bigstock.com

“Claramente”, África é o continente mais atingido pela penúria de vacinas contra a covid-19, diz o jesuíta belga Marcel Rémon, matemático e especialista em estatística e nas questões Norte-Sul.
Numa entrevista ao semanário católico francês La Vie, reproduzida na página do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura, o padre Rémon denuncia que alguns países ricos estão a adquirir mais doses de vacinas anti-covid do que as necessárias, travando assim o acesso das mesmas aos países mais pobres.
“Que eu saiba, só há uma cadeia de produção na África do Sul e outra em Marrocos, instalada pela China e adaptada às vacinas chinesas. Mas também aí é preciso pessoal competente, locais adaptados e climatizados, material de esterilização, seringas…”, afirma. E isso são “equipamentos que tantas vezes faltam em África”.
“A questão não é portanto apenas financeira, mas também industrial”, acrescenta. “Não serve de nada ter dinheiro se não há dispensários para vacinar as populações, o pessoal cuidador, etc. É todo um sistema de vacinas que está em causa. E deste ponto de vista, a África está extremamente desprovida.”
 Fonte: setemargens

 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário