quarta-feira, 31 de março de 2021

MENSAGEM DE FÉ E ESPERANÇA PARA O TEMPO DE PÁSCOA

Prot. C . 0 1 1 /20 2 1 

DOM EVALDO CARVALHO DOS SANTOS, CM
PELA GRAÇA DE DEUS E DA SANTA SÉ APOSTÓLICA
BISPO DA DIOCESE DE VIANA (MA)


Viana (MA), 31 de março de 2021

MENSAGEM DE FÉ E ESPERANÇA PARA O TEMPO DE PÁSCOA

Saúdo os meus sacerdotes, diáconos, religiosos e religiosas, seminaristas e fiéis leigos desta amada porção do Povo de Deus, da Diocese de Viana. “Eu sei que meu Redentor vive” (Jó 19,25)

Reconheço que estamos enfrentando o momento mais desafiador que já vimos nesta pandemia do coronavírus. Por isso, teremos uma Páscoa sem poder ir à igreja, participar da missa e receber os sacramentos. Nessas circunstâncias vamos valorizar a Igreja doméstica, reunindo a família a cada dia para celebrar os Mistérios pascais pela leitura orante da Palavra de Deus, a recitação do santo terço em família e a participação da missa transmitida na televisão ou internet, fazendo o ato de comunhão espiritual.

Embora esta seja uma Páscoa diferente, em sua essência é a mesma. A maneira como celebramos é diferente, mas o que celebramos e seu significado para nós permanecem os mesmos.

Quando acendemos o círio na noite da Vigília Pascal, proclamamos: “A luz do Cristo, que ressuscita resplandecente, dissipe as trevas de nosso coração e nossa mente”. Estas palavras devem chegar ao coração de todos, queridos Diocesanos, transformando as lágrimas em alegria e nossos medos em paz.

A luz de Cristo tem a força de iluminar todas as noites escuras provocadas pela pandemia. As doenças, angústias e dores que podem obscurecer nossa esperança, são transfiguradas pela graça de Deus que renova nossa fé e nossa esperança.

Meus pensamentos e orações se dirigem para todos aqueles que foram afetados pelo COVID-19 e todas as pessoas que cuidam deles. Também volto minhas orações por aqueles que perderam um ente querido durante esta pandemia. Neste momento, as palavras do apóstolo Paulo ressoam mais fortes: Nada poderá nos separar do amor de Deus, manifestado em Cristo, nem a angústia nem a fome, nem a doença nem a morte (cf. Rm 8,35-39).

Vivendo a Páscoa na Igreja doméstica, rezem por sua família, pela sua paróquia, pelos trabalhadores da saúde, da segurança, da limpeza e todos os que precisam trabalhar para que nós fiquemos em casa.

Rezem pelo Papa, pelo Bispo, pelos padres, religiosos e religiosas, pelos diáconos, pelos seminaristas e agentes de pastoral que trabalham incansavelmente nesse tempo, para que a luz da Páscoa resplandeça nos corações de todos.

__________________________
Revmos. Sacerdotes, Diáconos, Religiosos e Religiosas, Seminaristas e Fiéis leigos 
Cúria diocesana de Viana (MA)

Se for possível, continuem a apoiar financeiramente sua paróquia para ajudá-la a atravessar também esta crise econômica. Sei que a Divina Providência nos dirige neste tempo, e quem puder fará sua parte.

O poder da ressurreição de Cristo se manifesta também quando alguém, movido pela compaixão e solidariedade, generosamente se dispõe a ajudar os outros, servindo especialmente aos que sofrem por qualquer motivo em seu corpo, pela fome, miséria, doenças ou em seu espírito pela tristeza, ansiedade ou desesperança. Quando cuidamos da vida é possível passar das trevas à luz.

A ressurreição de Cristo nos permite olhar para um futuro difícil com esperança. Neste tempo de isolamento e medo quero lhes transmitir essa mensagem pascal de esperança, de que, apesar das trevas no mundo, o mal não prevalecerá.

Há esperança porque Cristo ressuscitado vive e caminha conosco.

Minhas bênçãos e os melhores votos de uma feliz Páscoa para todos!


+ Evaldo Carvalho dos Santos, CM Bispo diocesano

Praça Monsenhor Arouche, 132 – Centro – Caixa Postal 07 – 65215-000 VIANA-MA Fone: (98) 3351-1174 – Site: www.diocesedeviana.org.br – Mail: mitra@diocesedeviana.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário