quarta-feira, 21 de abril de 2021

PADRE JULIO LANCELLOTI MOSTRA TRABALHO NA PANDEMIA: 'DIZEM QUE SOU UM PADRE MALOQUEIRO'

Além de distribuir máscaras e comida a quem sente fome, padre Julio faz o intermédio de conflitos e ajuda quem deseja ir para os abrigos.
Padre Julio Lancelloti diz que número de pessoas morando na rua aumentou com a pandemia

Da paróquia São Miguel Arcanjo, no bairro Belenzinho, em São Paulo, o padre Julio Lancelloti atua há 35 anos e intercede, em especial, pelos moradores de rua. Todos os dias, o religioso de 72 anos distribui centenas de máscaras e garante o café da manhã de cerca de 500 pessoas. Ele é acionado o tempo inteiro e tudo que recebe de doação sai rapidamente.
Padre Julio Lancelloti está há 35 anos na paróquia São Miguel Arcanjo, no bairro Belenzinho, em São Paulo — Foto: Profissão Repórter

“Nenhum padre quer vir para cá e nenhuma paróquia me quer. Então, eu vim para cá. Nenhuma paróquia me quer porque dizem que eu sou um padre muito maloqueiro, e os maloqueiros vão atrás de mim e estraga a paróquia”, brinca o padre.

Em fevereiro, um vídeo dele quebrando a marretadas pedras instaladas embaixo de um viaduto em São Paulo viralizou. Depois disso, um projeto de lei para impedir este tipo de arquitetura, que tenta evitar a presença presença de moradores de rua, foi aprovado no Senado e tramita na Câmara dos Deputados.
Desde o início da pandemia, padre Julio Lancelloti distribui centenas de máscaras e garante o café da manhã de cerca de 500 pessoas — Foto: Profissão Repórter


"Com a pandemia, o número de pessoas morando na rua aumentou muito. O que está chamando atenção novamente é a questão da fome. Aumentou muito o número de pessoas buscando alimentação”, analisa padre Julio.

Além de distribuir máscaras na pandemia e comida a quem sente fome, padre Julio faz o intermédio de conflitos e ajuda aqueles que querem ir para o abrigos. A rotina agitada do padre foi registrada pela repórter Eliane Scardovelli. Com a pandemia, suas atividades nas ruas, de onde nunca se ausentou mesmo com o avanço do coronavírus, só crescem.
Em fevereiro, um vídeo do padre Julio Lancelloti quebrando a marretadas pedras instaladas embaixo de um viaduto em São Paulo viralizou. — Foto: Profissão Repórter

“Quando muitas pessoas perguntam onde está Deus nesta pandemia, muitos teólogos têm respondido: Deus está na UTI. Deus está esperando uma vaga na UTI. Deus está na porta do pronto-socorro. Deus está sem respirador. Deus está sendo sepultado à noite. Deus está no número das estatísticas e na curva de mortes, que só sobe. É ali que que Deus está. Calado, levado, crucificado”, diz padre Julio.

Veja na íntegra a reportagem sobre o trabalho do padre Julio Lancelloti:

https://globoplay.globo.com/v/9452646/

Padre Julio Lancellotti distribui centenas de máscaras e garante o café da manhã de 500 moradores de rua

Nenhum comentário:

Postar um comentário