sábado, 28 de agosto de 2021

IGREJA EM EL SALVADOR SE PREPARA PARA BEATIFICAÇÃO DE QUATRO MÁRTIRES




Os futuros beatos de El Salvador
 
El Salvador está em festa: o Papa Francisco autorizou a cerimônia de beatificação do Pe. Rutilio Grande SJ, que se realizará no país em 22 de janeiro de 2022. Para a ocasião, nomeou como Delegado especial o cardeal salvadorenho Gregorio Rosa Chávez.

Vatican News

A Igreja em El Salvador comunicou que no sábado, 22 de janeiro de 2022, se realizará a cerimônia de beatificação dos servos de Deus padre Rutilio Grande, SJ., do padre Manuel Solórzano, o jovem Nelson Lemus e padre Cosme Spessotto OFM. O representante do Papa Francisco será o cardeal Gregorio Rosa Chávez, que presidirá à celebração.

No comunicado publicado em 27 de agosto, a Conferência Episcopal de El Salvador (CEDES) expressa a sua alegria pela autorização da beatificação dos quatro mártires e pede ao povo de Deus que se prepare espiritualmente para a celebração. A cerimônia estava sendo aguardada desde fevereiro de 2020, data em que o Papa Francisco aprovou o decreto que reconhecia o martírio, mas foi postergada devido à pandemia da Covid-19.

Os novos beatos

Padre Rutílio Grande nasceu em 5 de julho de 1928 em El Paisnal, e foi assassinado pelos esquadrões da morte do exército salvadorenho em 12 de março de 1977, quando se dirigia para celebrar a missa. Ele estava acompanhado dos camponeses Manuel Solórzano e do jovem Nelson Lemus. O jesuíta, conhecido como “Padre Tilo”, era pároco na cidade de Aguilares, 32 quilômetros ao norte de San Salvador, e era amigo de São Oscar Arnulfo Romero, também assassinado em 1980 enquanto celebrava uma Missa. Romero foi consagrado arcebispo de San Salvador em fevereiro de 1977, três semanas após o assassinato do padre Rutílio Grande.

Já o Frei Cosme Spessotto OFM. foi assassinado em 14 de junho de 1980 na paróquia de San Juan Nonualco, onde foi pároco durante 27 anos, enquanto rezava diante do altar. Antes de morrer, escreveu seu testamente espiritual: “Morrer como mártir seria uma graça que não mereço”.

Vatican News 

Nenhum comentário:

Postar um comentário