segunda-feira, 6 de setembro de 2021

SER DIZIMISTA SINAL DE PERTENÇA A COMUNIDADE CRISTÃ

A fé cristã sempre foi vivida na sua forma concreta.  Pois sem fé é impossível seguir Jesus e colocar em pratica o mandamento do amor que se realiza nos gestos concretos.
O dizimo tem sua fundamento na alegria do encontro com Jesus que transforma a nossa existência. Deixamos morrer em nós o velho Adão para que Cristo seja o nosso viver. Por isso a gratuidade, a solidariedade e a  partilha sinalizam que algo mudou dentro de nós. 
Pois  estes gestos vividos na alegria  internalizam a nossa mudança de rota que tem o Cristo como meta.
O nosso individualismo e egoísmo  sempre nos tentam para mantermos uma relação possesiva com os bens que o bom Deus coloca em nossas mão para a correta administração, ou seja para o nosso bem e o bem comum:  o bem da comunidade.
Olhando no nosso interior e ao nosso exterior nos damos conta da necessidade contínua de conversão  neste aspecto e tantos outros. É preciso coragem ( agir com o coração) para que nossa fé proclamada não fique apenas nos lábios.
A nossa grande e amada  Paróquia Santa Rita de Cássia, tem um grupo de irmãos e irmãs que já foram despertados pela palavra de Deus e como os reis magos,  a pobre viúva  ou as mulheres que seguiam Jesus  partilham sua vida e seus bens . Mas tem ainda  um grupo  que como o homem rico, tem medo de partilhar e fica triste com a proposta e chamado de Jesus e vive na tristeza ou  enterrou seus talentos  para não partilhar. 
Esta  falta de sensibilidade  mostra a necessidade de continuarmos  lançando a semente da palavra para que o nosso coração se converta em terra boa e não apenas em terra   cheia de pedras e espinhos.
É  lamentável que ainda temos pessoas que com mesma habilidade que sonegam os impostos também sonegam o dizimo. Na comunidade cristã não temos receita federal ou policia federal, temos a consciência ou ainda não somos cristãos.
Nossa gratidão a Deus  pelo chamado a missão e  a toda  comunidade que nos ajuda a responder no cotidiano a aventura de seguir Jesus pelas estradas da vida.
Venha fazer a experiência de ser dizimista. Pois o senhor é o nosso pastor e nada nos faltará. 
Pe. Antonio  Rodrigues
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário