sábado, 29 de janeiro de 2022

CÁRITAS ARTICULA VISITA DO EMBAIXADOR DA UNIÃO EUROPEIA NO BRASIL ÀS COMUNIDADES ATINGIDAS PELAS INUNDAÇÕES EM ILHÉUS E ITABUNA, BAHIA




O Embaixador da União Europeia no Brasil, Ignacio Ybáñez, realiza nos dias 31 de janeiro e 1º de fevereiro (segunda-feira e terça-feira), visitas às comunidades de Ilhéus e Itabuna, na Bahia, por ocasião dos fundos emergenciais mobilizados pela Comissão Europeia, com apoio da Rede Cáritas, para auxílio na resposta às consequências das inundações no Brasil em dezembro de 2021.

Esta agenda marca o início do programa Resposta Emergencial Para Pessoas Vulneráveis Afetadas Pelas Enchentes, que tem por objetivo apoiar as famílias impactadas pelas chuvas nos estados da Bahia e de Minas Gerais. Será executado pela Cáritas Brasileira e tem como financiadores a Direção-Geral da Proteção Civil e das Operações de Ajuda Humanitária da União Europeia (DG ECHO), a Cáritas Bélgica e a Cáritas Suíça.

O recurso de R$ 6.3 milhões (1 milhão de euros) beneficiará famílias dos municípios de Itabuna, Ilhéus, Itajuípe, Itamaraju (Nova Alegria), Jucuruçu e Dário Meira, na Bahia, Palmópolis e Rio do Prado, em Minas Gerais.

Com o objetivo de atender às necessidades urgentes de aproximadamente 24.000 pessoas, o programa trabalhará com 03 eixos de ação humanitária: 1) auxílio monetário; 2) entrega de kits de higiene e limpeza; e 3) apoio para estruturação/fortalecimento de abrigos. Com base em critérios de vulnerabilidade, serão selecionadas 1.000 famílias para receber o auxílio monetário e 5.000 para receber os kits de higiene e limpeza.

Em soma a isso, o programa também prevê um valor de até R$ 30.000 para fortalecimento e aprimoramento das capacidades de pelo menos 03 abrigos das regiões atingidas, totalizando R$ 90.000 de apoio nesta área. Com base nas avaliações de necessidades realizadas, os municípios selecionados para tal suporte foram Itabuna e Itamaraju.

Agenda na Bahia

A missão à Bahia é coordenada em parceria com a Direção-Geral da Proteção Civil e das Operações de Ajuda Humanitária da União Europeia (DG ECHO), Programa Brasil da Cáritas Suíça e Delegação da União Europeia no Brasil.

Além de Ignacio Ybáñez, Embaixador da União Europeia no Brasil, participam das visitas Christoph Oversohl, Oficial de Comunicação da União Europeia, Valquíria Lima, Coordenadora Nacional da Cáritas Brasileira, Rebekka Reischmann, Gerente de Programas da Cáritas Suíça no Brasil, e Dom Giovanni Crippa, bispo da Diocese de Ilhéus.

No dia 31 de janeiro, a comitiva terá encontros institucionais com o Estado da Bahia e autoridades municipais. No mesmo dia, na parte da tarde, irá visitar duas comunidades afetadas pelas enchentes em Ilhéus: Banco da Vitória e Vila Cachoeira.

No dia 1º de fevereiro, o dia se inicia com viagem à cidade de Itabuna, para reunião com o poder público municipal de Itabuna e Itajuípe, bem como demais entidades envolvidas na resposta emergencial. Na oportunidade, a comitiva realizará visitas às comunidades afetadas (Nova Itabuna, Rua da Palha/Ferradas e Mangabinha) e abrigos emergenciais em Itabuna. Ao término da missão, será reservado um momento para entrevistas à imprensa local.

Sobre a Cáritas Brasileira

A Cáritas Brasileira é um organismo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) com atuação em Direitos Humanos e desenvolvimento sustentável, formada por uma rede de 187 entidades-membro, 12 regionais e 5 articulações presentes em todos os estados do país.

A diversidade de atividades realizadas se organiza em 13 áreas, sendo cinco prioritárias: Meio Ambiente, Gestão de Riscos e Emergências (MAGRE), Migração e Refúgio, Economia Popular Solidária (EPS), Convivência com Biomas, Programa de Infância, Adolescência e Juventude (PIAJ).

As ações de resposta à emergência e de assistência às famílias atingidas pelas enchentes nos estados da Bahia e de Minas Gerais fazem parte da área de atuação em MAGRE da Cáritas Brasileira. Esta área de atuação se articula nacionalmente a partir da Comissão para o MAGRE (COMAGRE), na qual se fazem presentes as referências regionais e nacionais para o tema. 

CNBB 

Nenhum comentário:

Postar um comentário