terça-feira, 18 de janeiro de 2022

EVENTO MULTICÊNTRICO: COMO SERÁ A CELEBRAÇÃO DO X ENCONTRO MUNDIAL DAS FAMÍLIAS NO BRASIL




Entre os dias 22 e 26 de junho, a Igreja Católica em todo o mundo celebra o X Encontro Mundial das Famílias, com o tema “O amor em família: vocação e caminho de santidade”. Com uma nova proposta apresentada pelo Papa Francisco, o evento será realizado em um formato multicêntrico: em Roma e em cada diocese. Assim, o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida do Vaticano confiou à Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) a motivação para que o evento seja preparado em âmbito local.

Nesse serviço de motivação e auxílio às celebrações diocesanas, a Comissão oferece uma proposta de programação que as Igrejas locais podem adaptar. Além disso, serão transmitidos ao vivo pela internet eventos em Roma e celebrações com o Papa Francisco.

No site oficial, a explicação sobre o funcionamento do encontro. “Em Roma, o evento principal, que contará com a presença dos delegados das Conferências Episcopais de todo o mundo, bem como representantes dos movimentos internacionais envolvidos na pastoral familiar. Cada diocese é ao mesmo tempo convidada a organizar eventos semelhantes em suas comunidades locais”.

Programação

No dia da abertura em Roma, 22 de junho, a Comissão Vida e Família da CNBB prevê a celebração de uma missa no Santuário Nacional de Aparecida, em Aparecida (SP), dando início às atividades no Brasil. A celebração deve ocorrer às 18h, para que também nas dioceses haja a possibilidade de ser realizada a abertura local.

Para os dias seguintes, quando ocorre o Congresso Teológico-Pastoral em Roma, a Comissão sugere a realização de atividades – lives, por exemplo – que favoreçam a reflexão dos temas do encontro, como “vocação”, “amor familiar” e “vida e santidade”.
Primeira proposta apresentada pela Comissão para os coordenadores, bispos referenciais e assessores da Pastoral Familiar

De acordo com o Dicastério e a diocese de Roma, as atividades podem ser realizadas nas dioceses, nas paróquias e em santuários. A motivação é que as celebrações contem com o momento de abertura e de conclusão do Encontro, bem como adoração eucarística e Santa Missa. E indica-se também a oferta de palestras, testemunhos, partilha, e uma festa das famílias, mas “sempre guardando o espírito de liberdade e criatividade das
dioceses”.

Em Roma, serão realizadas as seguintes conferências, as quais contarão com três painéis cada uma:
Igreja Doméstica e Sinodalidade
Amor em família, maravilhoso e frágil
Identidade e missão da família cristã
O catecumenato matrimonial
A família, o caminho da santidade

No dia 26 de junho, os fiéis serão incentivados a assistirem a missa de conclusão do Encontro, com o Papa Francisco, que terá a transmissão pelo canal da Pastoral Familiar no Youtube e nas emissoras de TV de inspiração católica. A celebração marcará o envio das famílias e o encerramento do Ano Família Amoris Laetitia. Além disso, os bispos também realizarão a conclusão do encontro em suas dioceses.

O assessor da Comissão Vida e Família da CNBB, padre Crispim Guimarães, destacou que o primeiro passo para iniciar a organização é se aprofundar nos materiais que foram produzidos pelo Fórum Amoris Laetitia, organizado pelo Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida. O material traduzido está disponível no hotsite exclusivo voltado para a comemoração do Ano Família Amoris Laetitia: http://vidaefamilia.org.br/al/

Outro material disponível diz respeito às catequeses que foram elaboradas como forma de um caminho espiritual a percorrer até o X Encontro Mundial das Famílias. Confira: https://bit.ly/3qoQvxF  

CNBB 

Nenhum comentário:

Postar um comentário