quinta-feira, 17 de fevereiro de 2022

ENTRA EM VIGOR O NOVO LOGOTIPO DO CELAM




Novo logotipo do CELAM

O novo logotipo visa preservar "a essência e o legado de mais de seis décadas de evangelização na América Latina e no Caribe, um ponto de referência para a missão de nossa instituição".

Padre Modino - CELAM

Em linha com o processo de renovação e reestruturação que o Conselho Episcopal Latino-americano (CELAM) vem realizando, a resolução renovando a identidade gráfica da instituição, assinada por dom Miguel Cabrejos, presidente do CELAM, e dom Jorge Eduardo Lozano, secretário-geral, entrou em vigor em 15 de fevereiro de 2022.

O novo logotipo, como diz o texto, visa preservar "a essência e o legado de mais de seis décadas de evangelização na América Latina e no Caribe, um ponto de referência para a missão de nossa instituição".

A proposta veio do Centro de Comunicações do CELAM, e foi apresentada numa reunião em 23 de novembro durante a Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe. A partir de 15 de fevereiro "este novo logotipo será utilizado em material impresso, digital e audiovisual para renovar a identidade gráfica do CELAM de acordo com os novos tempos".

Manual

Para uma melhor utilização do novo logotipo, foi elaborado um manual de uso interno no qual são apresentados o novo visual gráfico e os elementos que o compõem, bem como as especificações técnicas a serem levadas em conta.

De acordo com o manual, o logotipo é baseado em elementos que representam a essência do CELAM. São usadas cores, tipografias e sinais visuais que têm um significado específico: o báculo, como peça que representa o episcopado e a vocação pastoral dos bispos; a cruz, que simboliza o cristianismo e a obra evangelizadora da Igreja; e o mapa da América Latina e do Caribe, o espaço missionário da instituição.

No logotipo, o báculo e a cruz se fundem como um único elemento, que se incorpora em um território, integrando-se de forma clara, dinâmica e versátil. Desta forma, a liderança dos pastores da Igreja Católica se expressa nos processos e ações pastorais que tornam possível a inculturação do Evangelho no "continente da esperança" e em uma perspectiva sinodal.

A cruz tem representado os quatro pontos cardeais, a união do céu e da terra, o equilíbrio entre atividade e passividade, e é também a representação do cristianismo.

O báculo é um símbolo de autoridade, de poder como serviço para administrar a justiça, de transformação e, inspirado no caiado do pastor, representa o ofício pastoral.

O mapa da América Latina e do Caribe simboliza o território de referência missionária do Celam. Sua estilização comunica dinamismo, abertura e comunhão. 

Vatican News 

Nenhum comentário:

Postar um comentário